sexta-feira, 11 de março de 2011

Cruzeiro (4) 0x0 (5) Boca Jrs (ARG) - FINAL Taça Libertadores da América 1977

O Cruzeiro perdeu o primeiro jogo da Final da Taça Libertadores da América por 1x0 em Buenos Aires, mas venceu a partida de volta em Belo Horizonte pelo mesmo placar, o que causou um terceiro jogo, no Estádio Centenário (Montevidéu / Uruguai). A partida terminou com um empate sem gols e na decisão por pênaltis o Boca Jrs conquistou o título. Veja as cobranças de pênaltis:


FICHA TÉCNICA
Boca Jrs 0x0 Cruzeiro (5x4 nos Pênaltis)
Motivo:
Final Taça Libertadores da América de 1977
Estádio: Centenário, em Montevidéu (Uruguai)
Data: 14/09/1977. Público: 60.000. Renda: 553.977 pesos.
Árbitro: Vicente Llobregat (VEN)
BOCA JUNIORS (ARG): Gatti, Pernia, Tesare, Mouzo, Tarantini, Suñe, Benitez (Ribolzi) (D. J. Pavón), Mastrangelo, Veglio, M. N. Zanabria, Felman. Técnico: Juan Carlos Lorenzo.
CRUZEIRO (BRA): Raul, Nelinho (Mariano), Moraes, Darci, Vanderley, Zé Carlos, Eduardo, Eli Mendes, Eli Carlos (Lívio), Neca, Joãozinho. Técnico: Yustrich.
Pênaltis: Boca Juniors 5x4 Cruzeiro (Mouzo 1x0; Darci 1x1; Tesare 2x1; Neca 2x2; Zanabria 3x2; Moraes 3x3; Pernia 4x3; Lívio 4x4; Felman 5x4; Gatti defendeu a cobrança de Vanderley 5x4).

Um comentário:

  1. essa final no uruguay foi marmelada pro boca... Só assim pra parar o Cruzeiro...

    ResponderExcluir